Engenheiro ou arquiteto, qual contratar para o projeto da minha casa?


Sempre houve uma confusão na hora de diferenciar um engenheiro de um arquiteto, mas afinal, qual é a função de cada um e qual devo contratar para elaborar o projeto da minha casa?

Sempre houve uma confusão na hora de diferenciar um engenheiro de um arquiteto, geralmente essa dúvida é sanada quando começamos a construir e nos aprofundamentos no assunto, mas dependendo da fonte, sempre ficam equívocos. Não é raro ouvir pessoas dizerem que ambos são o mesmo profissional, ou até mesmo que tem o mesmo papel na construção civil.

De fato, em obras pequenas, um ainda pode desempenhar o papel do outro, mesmo porque anteriormente tanto o engenheiro como o arquiteto eram regidos pelo mesmo órgão, o CREA – Conselho de Engenharia e Arquitetura, e devido a isso pouco diferenciados, com a criação do CAU em 2010 (Conselho de Arquitetura e Urbanismo), o CREA passou a se chamar Conselho de Engenharia e Agronomia, e o exercício do arquiteto passou a ser melhor diferenciado.

Então vamos lá! O arquiteto tem sua formação voltada ao bem estar da construção, a concepção e correta distribuição dos espaços, iluminação e ventilação adequada, fachada e melhor aproveitamento do terreno. Ao contratar esse profissional, além de você ter uma casa belíssima, bem iluminada e que proporcione conforto térmico e acústico, também estará evitando futuras reformas e economizando horrores, já que cada detalhe antes da obra é cuidadosamente pensado por um profissional formado para tal. Então afinal, para que contratar o engenheiro? O engenheiro cuida da parte de construção, é o papel dele dimensionar vigas e estruturas que possibilitem aquele projeto sair do papel, assim como projetos hidráulicos, elétricos e demais projetos complementares necessários. Geralmente esses profissionais já trabalham em conjunto, quando você contrata um arquiteto, este já ira te indicar engenheiros adequados para a execução de tal obra.

Muitas vezes as pessoas constroem suas residências sem o acompanhamento de um profissional, o que acaba em espaços mal planejados, maiores custos e dores de cabeça com obra, resultando em uma casa sem beleza distinta ou conforto e que proporcionará mal estar para seus moradores. Muitas vezes, o material, custo e mão de obra aplicados para a construção de uma casa dessas, é o mesmo empregado para a de uma casa funcional, confortável e agradável aos olhos. Portanto, o arquiteto é o profissional ideal para que, junto com você, torne sua casa dos sonhos em realidade. 


Data: 19/04/2017


Por: Fernanda Santoro